terça-feira, 12 de março de 2013

Projeto africano “Olhares Cruzados” promove inclusão com crianças de Santana de Parnaíba

As oficinas de arte promovem a troca de conhecimentos e integração entre as crianças.

No próximo dia 18 será lançado o projeto Brasil Cabo Verde Olhares Cruzados, que vai até o dia (22/03) e tem por objetivo realizar um intercâmbio cultural entre crianças brasileiras e cabo-verdianas. O projeto contou inicialmente com o apoio do Ministério de Relações Públicas Exteriores e da Embaixada do Brasil no Cabo Verde, e agora conta também com o apoio do HSBC, por meio do Instituto HSBC Solidariedade.
Iniciado em setembro de 2009 o projeto fez a integração entre crianças 50 crianças cabo-verdianas de Mindelo na Ilha de São Vicente e de Praia na Ilha de Santiago no Cabo-Verde que participam através de oficinas de foto, desenho e confecção de instrumentos.
A escolha de Santana de Parnaíba aconteceu por conta do bairro e da Festa do Cururuquara, onde havia uma importante comunidade negra que manteve sua identidade através da música. E o objetivo é promover através da música a troca de informações e identidades entre 25 crianças de Santana, do bairro do Cururuquara e das cidades de Mindelo e Praia do Cabo-Verde, arquipélago reconhecido pela musicalidade.
As oficinas vão promover a expansão dos horizontes culturais dessas crianças, destacando também o reconhecimento de raízes históricas semelhantes por meio de fotos e objetos produzidos nas próprias oficinas de fotografia, redação e música, que ao final possibilitarão a troca desses objetos de culturas diferentes e ao mesmo tempo tão semelhantes.
O projeto busca desmistificar a visão negativa que os brasileiros tem do continente africano, sempre pintado através da pobreza, das epidemias, doenças e da guerra, enquanto que no Brasil a visão histórica do negro é sempre vista através dos olhares da escravidão.
Com tudo isso a visão é melhorar a auto-estima dos afrodescendentes, estimulá-los a combater o fracasso escolar das crianças negras no Brasil, que sofrem pela visão negativa de sua origem no imaginário histórico da sociedade.
O lançamento do projeto acontecerá no dia (11/03), no auditório da Educação, às 19 h, onde está previsto uma palestra voltada a professores, educadores e o público em geral interessado pelo assunto, com a coordenadora do projeto, Dirce Carrion e da Dra. Vera Duarte, escritora ex-ministra da Educação do Cabo-Verde.
Para endossar ainda mais o projeto de 11 a 23 de março ficará montada uma exposição no CEMIC, do fotógrafo Christian Kanepper que acompanhou os trabalhos realizados nas oficinas de 2009 das crianças e adolescentes do Cabo-Verde. A exposição ficará aberta ao público de segunda a sexta das 09h às 17h e aos sábados e domingos das 11h às 17h. Para mais informações ligue: 4154-6251.

Texto: Estela Eduardo
Crédito da foto: Divulgação Projeto – Olhares Cruzados

0 comentários:

Postar um comentário

Jornal "O ESPAÇO" (Esportes e Notícias) Edição 0091 de 12/05/2016

Jornal "O ESPAÇO" (Esportes e Notícias) Edição 0091 de 12/05/2016 | Barueri-SP| Alphaville| Tamboré | Aldeia da Serra| Santana de Parnaíba| Jandira| Itapevi| Osasco | Carapicuíba| Arena Barueri | Futebol de Barueri| Prefeitura de Barueri | Câmara de Barueri | Notícias da Cidade em geral| Volei de Barueri| Jornal O Espaço | Editor: Cristovão marinheiro

Tags

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Press Release Distribution