quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Adoção de áreas verdes na cidade

Empresas e cidadãos paulistanos podem adotar uma área verde de São Paulo
Na cidade de São Paulo, mais de 550 áreas verdes, como praças, canteiros centrais e alças de acessos às marginais foram adotadas e estão sob os cuidados de particulares por meio de Termo de Cooperação. A adoção de uma praça pode ser feita a partir de uma proposta de manutenção que deve ser entregue na Subprefeitura da região do espaço escolhido. Para o Secretário de Coordenação das Subprefeituras a participação da sociedade na adoção de praças é um meio efetivo de contribuição para a qualidade de vida da população.
Para fazer a adoção é necessário que o interessado leve à Subprefeitura responsável os documentos de identificação de pessoa física ou jurídica e o comprovante de inscrição no Cadastro de Contribuintes Mobiliários (CCM). Depois de encaminhada a proposta, o contribuinte deve aguardar a publicação da carta de intenção no Diário Oficial e o resultado da avaliação da Subprefeitura, que deverá dar apoio técnico em todos os momentos da parceria e fiscalizar a execução dos serviços.
A Praça Uirapuru, localizada no Morumbi, teve o seu termo de cooperação renovado neste mês. O ornitólogo Johan Dalgas Frisch é quem cuida do local há muitos anos, e foi graças a ele que a praça ganhou esse nome. Especialista em pássaros, Frisch viu o bairro Cidade Jardim crescer em meio a tantas áreas verdes. “Eu replantei flores que atraem o beija-flor. Só tem árvores para trazer passarinhos”, disse ele sobre os cuidados que têm com a praça. Frisch ainda explicou que mantém a segurança da praça com guarda 24 horas para impedir a ação de vândalos, além de contar com a colaboração dos vizinhos que ajudam na manutenção do local.
Para o Subprefeito do Butantã pessoas como o Sr. Frisch são um exemplo para todos os cidadãos. Ele mantém a praça Uirapuru, recebendo de volta um espaço bem cuidado e o prazer de realizar uma boa ação em prol da cidade que o acolheu, além de formar um habitat amistoso para os pássaros que ele tanto admira”.
Os termos de cooperação para adoção de áreas verdes têm de 12 a 36 meses de duração, podendo ser prorrogado. Pelo acordo, fica sob a responsabilidade do administrador a manutenção total do espaço. Em troca, é permitido que a área verde receba no mínimo uma placa, dependendo do tamanho da praça, com o nome da empresa ou do cidadão que adotou o local. No caso de descumprimento do termo de cooperação, o cooperante pode ter o termo cancelado.

0 comentários:

Postar um comentário

Jornal "O ESPAÇO" (Esportes e Notícias) Edição 0091 de 12/05/2016

Jornal "O ESPAÇO" (Esportes e Notícias) Edição 0091 de 12/05/2016 | Barueri-SP| Alphaville| Tamboré | Aldeia da Serra| Santana de Parnaíba| Jandira| Itapevi| Osasco | Carapicuíba| Arena Barueri | Futebol de Barueri| Prefeitura de Barueri | Câmara de Barueri | Notícias da Cidade em geral| Volei de Barueri| Jornal O Espaço | Editor: Cristovão marinheiro

Tags

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Press Release Distribution